terça-feira, agosto 29, 2006

ÁFRICA


ESTA ÁFRICA EU QUERO CONHECER

Conheci nos livros de História e Geografia uma África selvagem. Longe de ter sido o berço da humanidade. Assisti nos canais de documentários da televisão a cabo, grandes produções relacionadas a uma terra onde os animais dominam as savanas. Passei minhas tardes de domingo assistindo à matinê (esse era o nome dado às sessões de cinema para as crianças da década de 1970) onde os estadosudinenses caracterizavam uma região de florestas de tribos agressivas e do grande herói, o homem macaco, Tarzan. Ainda, li os gibis do Fantasma. O americano que nunca morria e vencia a todos com seus socos do anel de caveira. Na escola os meus professores pouco falaram sobre o continente africano. Em minha imaginação e dos meus contemporâneos àquele continente representava o Apartheid, a fome, as guerras, as mutilações de crianças e adultos nos conflitos sem fim. E para não esquecer, era a terra de onde vieram os escravos para trabalhar na produção da cana-de-açúcar no Brasil.
Hoje me apresentaram uma nova África. Rica, fértil. Uma história fantástica de povos que dominaram técnicas de agricultura, mineração, ourives e metalurgia. Sistemas matemáticos, conhecimento da medicina. Tantas novidades. Tanta história, cultura, religião diversificada. Mais de duas mil línguas faladas em cinqüenta e três países que guardam a verdadeira raiz da humanidade. Esta África eu quero conhecer e apresentá-la aos meus alunos. Descobrir os motivos que a esconderam do resto do mundo durante tanto tempo. Poder debater e relatar os valores construídos em milhares de anos por um povo que mesmo com tanto conhecimento cultural foi subjugado e desrespeitado por interesses escusos de uma Europa quinhentista e atrasada. A escola inclusiva não pode permitir que a África permaneça tendo como símbolo apenas um deserto.

3 comentários:

Ana Lúcia disse...

Como você, eu também, estou percebendo minha ignorânica em relação à Africa. Eu nunca havia pensado na riqueza da África. Nunca provocaram essas reflexões em sala de aula.

Rosana Rodrigues disse...

Na verdade essas riquezas ficaram camufladas, sem nosso conhecimento.

Mayra disse...

"Hoje me apresentaram uma nova África", como aluna agora pude mudar a minha visão sobre o continente Africano. Seu blog, com certeza, vai impulsionar meus estudos sobre ele. Sou amante da história e a partir de hoje verei e pesquisarei sobre a África com outros olhos.Para quem apenas estava querendo adicionar dados a uma redação, em pouco minutos consegui uma história inteira. E ainda por cima o início de uma reflexão. Obrigada! Mayra Rodrigues - PE